Pagina niet gevonden : Quiksilver Schoenen Winkels Amsterdam, Quicksilver Kleding
My Cart:  ( 0 )
Copyright © 2017 www.faithandnature.com. Powered by faithandnature.com
Pesquisar
Páginas

Digite seu endereço de email para assinar o Preto no Branco e receba notificações de novos posts por email.

Junte-se a 73 outros assinantes

Arquivo mensal para julho, 2011

PostHeaderIcon 2011 é ano de eleições na Noruega

Eleições 2011

A Noruega tem uma das democracias mais desenvolvidas do mundo. Graças a vocês!
Em 2011 acontecem as eleições locais e regionais (kommunestyre- og fylketingsvalg) na Noruega, e ao contrário das eleições parlamentares, as eleições locais também são abertas para cidadãos estrangeiros residentes na Noruega. O dia da votação é 12 de setembro, mas se você está ansioso para usar o seu direito de voto na Noruega, você pode desde o dia 1º de julho votar antecipadamente.

Não perca esta oportunidade de influenciar, através do seu voto, o seu futuro e o futuro da Noruega. Quer saber se você tem direito de voto? Quer saber como votar antecipadamente? Leia aqui! Leia mais »

PostHeaderIcon Superar o trauma

Os acontecimentos do dia 22 de julho de 2011 entram na história da Noruega como os mais importantes da era pós-guerra. A ferida e o trauma da 2ª Guerra Mundial estavam perto de serem curados, quando a sociedade norueguesa, mais uma vez foi violentada de maneira brutal.

O ataque à sede do governo norueguês e o assassinato de mais de 60 jovens, atingiram símbolos do ideal nórdico e da social-democracia, que administrou a riqueza do petróleo e transformou o país em um dos mais ricos e igualitários do mundo. A sociedade norueguesa, que passa por uma transformação demográfica – devido ao crescimento acelerado da população estrangeira (9 % da população total) -, encontra-se agora num periodo onde é necessário reafirmar seus principais valores: generosidade, honestidade e liberdade de expressão.

A mobilização da sociedade norueguesa nos dias após a tragédia, surpreende e inspirou as palavras do príncipe-herdeiro da coroa norueguesa, durante a manifestação de ontem, que reuniu mais de cem mil pessoas: ”Nós queremos uma Noruega, onde nós possamos viver juntos, com liberdade de expressão. Onde nós vemos oportunidades em nossas diferenças, e onde a liberdade é mais forte que o medo”. Os noruegueses parecem estar determinados a superar o trauma do dia 22 de julho.

Publicado no jornal Zero Hora, no dia 26 de julho de 2011

 

PostHeaderIcon Solidariedade brasileira

 

Mais de 200 mil pessoas lotaram a Rådhusplassen

Não apenas os noruegueses foram às ruas da capital Oslo em memória às 76 vítimas fatais do duplo atentado ocorrido na última sexta-feira. Em meio à multidão de aproximadamente 100 mil pessoas, havia um pequeno grupo de brasileiros que vive na Noruega e que acompanhou o coro em repúdio aos ataques. A comunidade formada por quase cinco mil brasileiros está preocupada com o futuro da presença estrangeira no país nórdico.

A manifestação foi convocada por meio das redes sociais e também nas mídias. Momentos antes do início do evento, mais de 61 mil pessoas haviam confirmado presença – um número que logo superou 100 mil pessoas.
Um deles era Leonardo Dória, editor-chefe do jornal Preto no Branco, destinado à comunidade brasileira que vive na Noruega (http://wordpress.pretonobranco.no). Por telefone ao Diário do Comércio, ele disse que participou da caminhada, que começou na praça em frente à prefeitura de Oslo e seguiu até a sede do Partido Trabalhista – o partido dos jovens assassinados na ilha de Utoya. Leia mais »

PostHeaderIcon Multidão se reúne para respeitar 1 minuto de silêncio aos mortos da tragédia do dia 22

Milhares de pessoas se reuníram em frente à Catedral de Oslo (Oslo domkirke) para relembrar os mortos nos ataques do dia 22. Na Noruega e no seu país vizinho, a Suécia, foi respeitado um minuto de silêncio.

A manifestação foi feita após incentivo das autoridades norueguesas, através do primeiro-ministro Jens Stoltenberg.

As investigações continuam e pela manhã foi decidido que a sessão onde será determinado o encarceramento do acusado pelos atentados, será feita com portas fechadas para a imprensa e outros interessados.

A cidade de Oslo se prepara para uma grande passeata que irá partir da praça da prefeitura de Oslo (Rådhusplassen), até a Youngstorget. Mais de 50 mil pessoas já confirmaram presença na passeata que teve a permissão das autoridades da cidade de Oslo.

Esses eventos mostram que o poder de mobilização da sociedade norueguesa continua intacto, senão mais forte depois dos eventos do dia 22.

PostHeaderIcon Está em Oslo? Venha dar seu apoio!

Venha participar da passeata que começa às 18.00 h na Rådhusplassen. Traga uma rosa vermelha, já que a polícia desencoraja os participantes a carregarem velas (ou tochas/fakler). A passeata vai até a Youngstorget, onde haverá um comicio. Também na Youngstorget fica a sede do Partido Trabalhista (Ap), o partido dos jovens assassinados no acampamento em Utøya.

Mais de 45 mil pessoas já confirmaram presença. Confirme a sua presença na passeata através do link no Facebook.

Amanhã também será realizado um minuto de silêncio na Noruega e na Suécia em respeito às vítimas da tragédia.

PostHeaderIcon Os brasileiros na Noruega expressam seu profundo pesar pela tragédia do dia 22 de julho

PostHeaderIcon 23 de julho de 2011

Ontem durante o dia e antes de dormir, algo que só consegui por volta das 4 da manhã, fiquei torcendo para que fosse um pesadelo…Sabe, como nos filmes, você acorda e tudo não havia passado de um terrível pesadelo e a vida continua como antes?
Pois é, acordei e quando fiquei sabendo através dos noticiários, que mais de 90 jovens foram mortos caí na real. Aconteceu no dia 22 de julho de 2011 o maior massacre da história da Noruega.
Já conversei com algumas pessoas. Umas não querem sair de casa – ainda existe a possibilidade de um segundo atirador estar à solta -, outras precisam sair de casa já que não conseguemficar entre 4 paredes enquanto o mundo está desabando do lado de fora…eu pertenço ao segundo grupo. Vou dar uma volta na cidade, esperando que o temporal da madrugada tenha “limpado a cidade de toda a sujeira de ontem”.
Vale mencionar a resposta do primeiro-ministro Jens Stoltenberg durante a coletiva de imprensa: “Nós vamos responder a esses ataques com mais democracia. Bombas não vão calar a Noruega”.

P.S.: Após o 11 de setembro Bush disse: “Nós vamos caçar os responsáveis até as profundezas do inferno”

PostHeaderIcon Estamos vivenciando uma situação absurda, diz brasileiro em Oslo

Durante todo o dia fui procurado pela mídia brasileira pra poder relatar os acontecimentos de hoje. T’aqui o que eu consegui achar na internet:

Entrevista na rádio Estadão ESPN. Clique aqui. Gostei dessa!

Depoimento no Jornal Nacional

Entrevista na rádio Jovem Pan

Entrevista na Band TV

BBC Brasil

Globo G1

Folha.com através da BBC Brasil

Portal Terra através da BBC Brasil

Estadão

Nossa Gente

UOL Notícias

Depoimento no Jornal do SBT

PostHeaderIcon Polícia prende acusado de participar dos ataques a Oslo

Após a entrevista coletiva com o ministro da justiça e com o primeiro-ministro Jens Stoltenberg confirmou que uma pessoa foi presa acusada de estar por trás dos ataques à sede do governo e ao acampamento da juventude do partido trabalhista. No local do acampamento foram encontrados explosivos que não foram detonados.

O ministro da justiça confirmou que o acusado tem 32 anos, é norueguês nato. As informações ainda são limitadas devido às investigações da polícia. Este anúncio suspende, ao menos temporariamente, um possível conflito entre a população imigrante e população de etnia norueguesa.

Mesmo assim ainda tenho medo…

Foram confirmados 7 mortos no centro de Oslo e mais de 10 mortos no acampamento.